Tuberculose

A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível que afeta prioritariamente os pulmões, embora possa acometer outros órgãos e sistemas, como laringe, cérebro, linfonodos (ínguas), ossos, articulações, pele, fígado, baço, entre vários outros.

No Brasil, a doença é um sério problema da saúde pública. Ainda não controlada a cada ano, são notificados aproximadamente 70 mil casos novos e ocorrem cerca de 4,5 mil mortes em decorrência da tuberculose.

O principal sintoma da tuberculose é a tosse durante três ou mais semanas.  Por isso, recomenda-se que toda pessoa com esta queixa prolongada seja investigada. Outros sinais e sintomas que podem estar presentes, são febre baixa vespertina, sudorese noturna, emagrecimento e cansaço/fadiga. A forma extrapulmonar ocorre mais comumente em pessoas que vivem com o HIV/aids, especialmente entre aquelas com comprometimento imunológico.

O diagnóstico é feito através das queixas e de exames complementares, como análise do escarro e exames de imagem.

As pessoas que estiveram em contato prolongado com um caso de tuberculose bacilífera, ou seja, pessoa com tuberculose pulmonar ou laríngea que ao tossir está espalhando a bactéria ao meio ambiente, precisa ser investigada, pois durante um ano, numa comunidade, um indivíduo que tenha baciloscopia positiva pode infectar, em média, de 10 a 15 pessoas.

Outras pessoas que merecem atenção especial são indivíduos assintomáticas porém imunossuprimidos por HIV/AIDS, transplante, doenças debilitantes ou em uso de alguns tratamentos doença reumatológicas. Nestes casos é necessário uma avaliação detalhada para prever o risco de adoecimento por tuberculose e fazer o tratamento preventivo ou profilático.

Após o diagnóstico da patologia, o tratamento é instituído e se corretamente seguido, a taxa de cura é bastante elevada.

 

Anúncios

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: